21 de mar de 2009

Monstros para se jogar...DayWalker!




Daywalker – Meio-Vampiro

“Eu vi, juro que vi um vampiro andando de dia!”


À exemplo de Rayne, de BloodRayne, e Blade, dos filmes de mesmo nome, seja também um desses "vampiros bonzinhos"!

É raríssimo, mas um Meio-Vampiro pode nascer do cruzamento de uma humana e um Vampiro. Vampiras nunca geram Meio-Vampiros. Outra forma dessa criatura nascer é que sua mãe (apenas humanas, elfas e meio-elfas) seja mordida por um vampiro (macho ou fêmea) enquanto está em trabalho de parto.


Meio-Vampiros possuem aparência humana; o único traço vampírico são as presas que crescem quando eles precisam se alimentar, ou seja, possuem a mesma dependência do seu pai, sendo muitas vezes confundidos com vampiros comuns e caçados por clérigos e outros tipos de caçadores de seres sobrenaturais, e por isso tentam de várias formas esconder esse seu único aspecto vampírico.

Meio-Vampiros são mais fortes que um humano e não possuem nenhuma das vulnerabilidades de um vampiro (luz do Sol, prata, símbolos sagrados, água benta, etc.). Nos demais aspectos são humanos: envelhecem normalmente, podem ser feridos por qualquer tipo de ataque e também não podem contaminar outras criaturas com o vampirismo.

Entre os vampiros, esta raça é conhecida como “daywalkers”, uma antiga palavra anã que significa “os que andam de dia”.

Meio-Vampiro (-1 Ponto) : Personagens jogadores podem ser meio-vampiros. Esta desvantagem Racial concede F+1 (até um máximo de F5), Dependência e Ma Fáma.

Leitores

 

Teste!. Copyright 2009 Todos os Direitos Reservados -Tema Revolution Two Church- Créditos à Brian Gardner - Covertido para Blogger Template por Bloganol
BOM É JOGAR RPG!